Nikoguru

Lipídios: a importância das gorduras para a vida

  • por em 8 de maio de 2021

Os lipídios, vulgarmente conhecidos como gorduras, são moléculas derivadas dos ácidos carboxílicos, sendo um dos principais componentes dos seres vivos. Elas são formados basicamente por álcool e ácidos graxos e contam com longas cadeias de hidrocarbonetos. Por serem ésteres, os lipídios são insolúveis em água, mas dissolvem facilmente em solventes como o álcool, éter e acetona.

As principais funções biológicas dos lipídios são a reserva e fornecimento de energia (1 grama de gordura = 9kcal), isolantes térmicos e proteção de órgãos e nervos, impermeabilização de superfícies, transporte de vitaminas A,D,E e K solúveis em gordura (lipossolúveis), composição das membranas das células e estão relacionados na produção de hormônios esteroides.

Os Ácidos Graxos

Os ácidos graxos são ácidos carboxílicos, com cadeia carbônica longa, com mais de 12 carbonos. São as biomoléculas mais calóricas, apesar de os carboidratos serem bem mais eficazes na produção de energia. Principais características:

  • A cadeia carbônica pode ser saturada ou insaturada.
  • Eles se diferem no comprimento da cadeia carbônica, número e posição das duplas ligações.
  • Os ácidos graxos saturados são sintetizados no organismo a partir da acetil-CoA. São de origem animas e sólidos em temperatura ambiente. Exemplo: manteiga.
  • Os ácidos graxos poli-insaturados são exclusivos dos vegetais, sendo que o ácido linoléico e o linolênico são essenciais aos
    seres humanos. Exemplo: azeite.
Óleos vegetais são ricos em lipídios.

Classificação dos Lipídios

Lipídeos simples: Formados a partir da esterificação de ácidos graxos e alcoóis (glicerol) subdividido em gorduras ou óleos e ceras.

Lipídeos compostos: Esses lipídios contém ácido fosfórico, além de ácido graxo e glicerol. O grupo fosfato possui carga negativa tornando-se hidrofílico. Ele formam as membranas celulares.

Principais Lipídios

Triacilgliceróis: São armazenados no citoplasma das células do tecido adiposo nos animais. A maioria dos triglicerídeos dos vegetais são líquidos à temperatura ambiente e os de origem animal sólidos ou semissólidos á temperatura ambiente.

Fosfolipídeos: principais componentes das membranas biológicas. Apresentam na sua estrutura uma molécula do glicerol esterificado com o ácido fosfórico.

Esfingolipídios: Possuem esfingosina, amino álcool orgânico alifático. Encontrados especialmente em membranas de neurônios (bainha de mielina).

Cerídios: Têm funções relacionadas às suas propriedades repelentes da água (impermeabilização) e de consistência firme. As glândulas da pele de vertebrados secretam ceras para proteger os pelos e a própria pele.

Aplicação da cera pelas abelhas.

Prostaglandinas: Promovem a infamação e a sensação de dor
em resposta a um dano orgânico. Aumentam a sensibilidade de nociceptores (receptores da dor) a estímulos nocivos. Ajudam também a regular a agregação plaquetária.

Terpenos: Carotenóides ou carotenos são pigmentos absorventes de luz encontrados nas plantas e animais. Também são responsáveis responsáveis por grande parte dos cheiros exalados vegetais. O beta caroteno é degradado no organismo humano em duas moléculas de vitamina A.

Esteroides: são lipídios que não possuem ácidos graxos em
sua estrutura. Por serem parte de um grupo heterogêneo de lipídeos, eles exercem as mais variadas funções metabólicas: hormonal, vitamínica, detergente e estrutural. Um esteroide famoso é o colesterol, que em excesso pode causar entupimento dos vasos sanguíneos.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Biologia